Publicidade  |  Anuncie
  Ed Sheeran - Shape Of You  
Roberto de Andrade Mão de Ferro

Quinta-feira, 16 de Abril de 2015



Roberto de Andrade dedicou 36 anos de sua vida ao comércio de veículos. Aprendeu caminhos para comprar e vender por bons preços. Virou um negociador nato. Nesse período, levou a sério o simples lema de "gastar menos do que consegue arrecadar". Hoje, aos 54, ele é presidente do Corinthians e tenta aplicar a experiência de um bem-sucedido empresário ao desafio de colocar em ordem as contas de um dos maiores times do país.  

– Conto com isso como se fosse um título. Libertadores e Paulista para minha história pessoal são tão importantes quanto deixar o clube sanado. Levanto como se fosse um troféu também – afirmou o mandatário do clube alvinegro.

Eleito presidente há pouco mais de dois meses, com 1.848 votos, Roberto promete seguir à risca o que aprendeu como comerciante. Gastar menos significa cortar despesas. Resultado: mais de 20 funcionários foram demitidos desde a troca de poder e outros podem sair em breve para aliviar a dívida de R$ 300 milhões – sem contar o financiamento para a construção do estádio. Até os gastos com energia e água estão sendo controlados.

– Temos de ter a cultura de sempre gastar o mínimo possível para a execução de qualquer trabalho. É uma mudança de filosofia, trabalhar com menos gente. Não existe um limite, mas, de hoje até o fim do mandato, é para gastar cada vez menos – disse.

Nesta entrevista ao GloboEsporte.com, concedida no CT Joaquim Grava, o presidente corintiano evita estipular um prazo para o pagamento dos direitos de imagem em atraso de parte do elenco – em alguns casos chega há oito meses –, mas se diz esperançoso em encontrar novos patrocinadores para acertar as contas e dar inicio às negociações para renovar com Paolo Guerrero, maior estrela da equipe. Além disso, não descarta vender alguns dos destaques do time que brilha no início de 2015.

– Não existe jogador invendável. Qualquer oferta sendo boa para o clube e se o jogador quiser sair, tem de vender, independentemente se necessita ou não.

Um dos articuladores da contratação de Alexandre Pato quando ainda era diretor de futebol, o novo mandatário alvinegro prefere não colocar um ponto final na história do atacante no Corinthians. A ideia continua sendo de vendê-lo assim que acabar o empréstimo com o São Paulo, em dezembro. Mas...

– Se não for negociado, o que faço com ele? Tem de voltar – cravou.

Que balanço você faz desses 68 dias como presidente do Corinthians?
Roberto de Andrade:
 Nós sabíamos as dificuldades que encontraríamos. Estamos mexendo bastante na área administrativa, passando pela diminuição de funcionários e despesas. Estamos tentando buscar uma administração mais enxuta, tentando gastar menos. O futebol vai bem, mas as dificuldades são grandes. O nosso momento e da economia são complicados. Estamos sofrendo um pouco agora no começo, mas logo vamos começar a colher frutos.

O cálculo é de aproximadamente 20 demissões até agora...
Foram alguns, nada exagerado. Estamos mexendo todos os dias, realocando funcionários, mudando. Não estou dizendo que vamos continuar demitindo, mas, de acordo com a necessidade, vamos fazer. Não tem um objetivo traçado. Temos de ter a cultura de sempre gastar o mínimo possível para a execução de qualquer trabalho. É uma mudança de filosofia, trabalhar com menos gente. Não existe um limite, mas, de hoje até o fim do mandato, é para gastar cada vez menos. Isso é um fato.

O clube demitiu um supervisor de futebol (Saulo Magalhães) no departamento profissional. Haverá mais cortes no CT Joaquim Grava?
Quando você passa por necessidades financeiras, e isso não acontece só no Corinthians, tem o efeito cascata. Se você tinha "X" de receita, hoje tem meio "X". Precisa se adequar. Isso não passa só pelos salários do futebol. Sim (pode ter mais cortes), normal.

Andrés Sanchez, superintendente de futebol, disse que a ideia é cortar alguns dos salários mais altos do elenco. Isso pode acontecer?
Não é que os salários saíram do controle. Estavam no controle dentro daquela outra receita. Hoje, temos uma retração e temos de nos adequar. Temos de trazer os salários para a realidade.

Você foi vice-administrativo logo após a saída de Alberto Dualib da presidência e era considerado um dirigente "linha-dura", que fez muitos cortes. Isso se repete agora?
Eu tenho um vice hoje, mas dou a diretriz do que quero. A execução fica por conta de cada diretor. Estamos tentando fazer no mesmo sentido de mudar conceitos e gastar menos. O dinheiro tem de ser muito bem gasto, porque não é nosso. Estamos vendo o quanto é duro trazer R$ 1 para dentro do clube e temos de pensar da mesma forma na hora de gastar.

Dá para fazer uma comparação do que encontrou como presidente em 2015 e do que teve em 2007?
É muito diferente do que implantamos nos últimos anos. Ali era uma bagunça, um desperdício total de tudo, não tinha controle de nada. Era bem diferente. Hoje, podemos dizer que estamos no céu e precisamos melhorar o que existe. Mas muito longe do que era em 2007, mudou muito.

Um dos departamentos que passam por mudanças é a categoria de base. Havia uma sangria muito grande lá?
No futebol, você tem o problema do término do contrato. Alguns que estão por terminar, estamos fazendo uma avaliação se continuam ou não. Os que possuem contrato vigente, não temos muito o que fazer, além de emprestar. O fato é diminuir a quantidade de jogadores para trabalhar com mais qualidade. Eles (dirigentes anteriores) tinham uma visão, e nós temos outra.




NOTÍCIAS ANTERIORES


10/04/2015 17:19 - Palmeiras inscreve Cleiton Xavier e mais 3 para próxima fase do Paulista.



10/04/2015 17:17 - David Braz opera mão e não joga contra o XV.



10/04/2015 17:15 - SPFC inscreve 3 para próxima fase do Paulistão.



10/04/2015 17:14 - Sem Luxa, afirma Aidar.



07/04/2015 16:43 - SCCP quer negociar Romero.



07/04/2015 16:41 - Santos quer Felipe e presidente vai conhece-lo no Rio.



07/04/2015 16:38 - Ricardo Oliveira: Definição ficou para Quinta-feira.



07/04/2015 16:36 - Santos procura meia para Brasileirão.



07/04/2015 16:34 - Timão levara só 4 titulares contra o XV de Piracicaba.



07/04/2015 16:32 - Dnipro tenta "melar " transferencia de Egídio




Ver as notícias mais recentes
Notícias do Estádio 97
ARQUIVO DE NOTÍCIAS  (inclui notícias do Estádio 97)


26/08/2016 11:34 - 14 fatos sobre Avicii que você provavelmente não sabia



26/08/2016 11:31 - DJ Snake assume o topo do ranking da Billboard dos álbuns mais vendidos na seman



26/08/2016 11:24 - Lineup do AMF levanta boatos sobre o possível novo vencedor do DJ Mag Top 100



19/08/2016 12:42 - Confira a lista atualizada dos DJs mais ricos do mundo



19/08/2016 12:37 - A Pizza Hut desenvolveu uma embalagem que se transforma em pick-up para DJs



19/08/2016 12:32 - Numark apresenta toca discos portátil com função para scratch



19/08/2016 12:28 - Vintage Culture assume o TOP 10 de Deep House do Beatport e se prepara para prim



12/08/2016 11:24 - Celebrando a última temporada da Space, Carl Cox grava novo Essential Mix



12/08/2016 11:20 - Ouça agora o novo remix do FTampa para Steve Aoki



10/08/2016 14:12 - Netflix vai lançar novo filme sobre EDM



09/08/2016 14:06 - Ronaldinho Gaúcho revela existência de um projeto com David Guetta



05/08/2016 12:24 - Steve Aoki lança EP “4OKI”; confira



05/08/2016 12:21 - Calvin Harris e Jennifer Lopez podem lançar música juntos



01/08/2016 12:01 - Amsterdam Dance Event anuncia lineup completo e outras novidades



01/08/2016 11:59 - Martin Garrix finalmente lança a tão esperada collab com Bebe Rexha -



01/08/2016 11:57 - Vendas de toca-discos ultrapassam as de CDJs nos EUA -



27/07/2016 14:54 - O Martin Garrix tem estado de olho em produções de talentos brasileiros



13/07/2016 13:27 - O Brazilian Bass mostrou força total com a segunda edição de sua festa em São Pa



07/07/2016 10:45 - Hardwell encerra etapa importante da sua carreira



07/07/2016 10:43 - Diplo dá seis dicas para incrementar as performances ao vivo



07/07/2016 10:40 - TÉQUINÔ ou TECHNICO ?????




Próxima página (mais antigas)

Ver as notícias mais recentes
® 1997-2017 Rádio Energia 97,7 FM - São Paulo / Brasil