O programa que faz o preview da sua balada.

Aloe Blacc presta homenagem a Avicii no dia em que o DJ completaria 30 anos de idade

Pela rede social Aloe Blacc revelou seus sentimentos sobre a impactante morte de Tim

11/09/2019


Neste último domingo (30), o DJ falecido Avicii completaria 30 anos de idade, se não fosse sua trágica morte em abril de 2018.

O cantor americano Aloe Blacc, dono dos vocais de Wake Me Up e SOS, homenageou Avicii através de sua rede social. Aproveitou o momento para revelar de onde surgiu a inspiração para a música e falou também sobre seus sentimentos referente a morte de Tim.

Confira o post na íntegra:

“Hoje seria o trigésimo aniversário de Tim Bergling. A notícia de sua morte me surpreendeu, assim como a todos os que foram tocados por sua música, e eu estou terrivelmente triste em não tê-lo mais conosco. Quando soube da sua partida, mandei meus sentimentos imediatamente a sua família, e a letra dessa música veio até mim. Eu só havia passado momentos no palco e no estúdio com ele, mas sua família passou anos vendo-o crescer. Como pai de dois filhos pequenos, eu não consigo imaginar a tragédia que seria viver mais do que eles e ter que juntar as coisas que eles deixaram para trás. Eu pensei em dedicar o dia de hoje, aniversário de Tim, para lembrar e compartilhar o que aprendi sobre arte com ele.

Assuma riscos. Como artista, se alguma vez você se sentir nervoso com alguma coisa, é melhor correr o risco do que se arrepender. Quando fizemos a Wake Me Up, não existia um plano para a combinação desses sons e nenhum exemplo de sucesso em que pudéssemos confiar.

Lidere aos invés de ser liderado. Pioneiros não seguem tendências, eles as criam. Tim me fez lembrar o que aprendi tão bem em minha experiência durante a era de ouro do hip-hop, que é criar seu próprio estilo. Quando outras pessoas começarem a usar o seu estilo, mantenha-o atualizado e mude-o.

Seja bravo e corajoso. Eu sei que Tim estava muito mais confortável no estúdio do que na maioria dos outros lugares onde a música levou. Mas ele aprendeu a sair e abraçar milhões de fãs com suas performances ao vivo. Eu imagino que o show mais assustador tenha sido a estreia da música do álbum True no Ultra. Ele estava nervoso, mas mesmo assim o fez. Enquanto os outros artistas faziam uso de lasers, pirotecnia e meninas de biquíni, Tim dividia o palco com músicos e cantores que ao ajudavam a criar um álbum inovador.

Ignore opiniões externar. As críticas estão por toda parte e elas são cada vez mais negaticas, não construtivas. É importante ouvir a sua voz interior e ter confiança na arte que você cria. As poucas vozes de confiança em seu círculo interno podem ser úteis, mas quando se trata de arte, sempre confie em seu instinto em relação aos outros. Enfim, a integridade em uma obra de arte está com o criador e mais ninguém.

E acho que a coisa mais importante que eu aprendi ao trabalhar com Tim foi abraçar a colaboração.

Descanse em paz, Tim”



+LEIA TAMBÉM: Ingressos para o show em tributo a Avicii se esgotam em meia hora de venda





⇦ Voltar
(11) 94353-0150
Áudio
Vídeo
Parado - Volume 50%
ver em tamanho maior
Night Sessions
Energia 97 FM

280 / 280 caracteres