Notícias

Covid-19: Falta de vacinas da AstraZeneca em SP deixa 200 mil pessoas com a 2ª dose em atraso

A gestão Doria e a prefeitura paulista acusam o governo federal de alterar o envio, astrasar repasse de lotes e provocar o desabastecimentos dos postos de vacinação


10/09/2021

CORONAVÍRUS

#EnergiaNews


Vacina AstraZeneca   (Foto: Eduardo Frazão/Exame)


A cidade de São Paulo tem 200 mil pessoas com a 2ª dose da vacina da AstraZeneca em atraso por conta da falta do imunizante nos postos de vacinação. 

Nesta sexta-feira (10), quase 100% dos postos já estavam com falta da vacina, esse problema começou a afetar a campanha vacinal no inicio desta semana, e gerou novo impasse entre as gestões estadual, municipal e o Ministério da Saúde.

O governo do estado e a prefeitura paulista acusam o governo federal de alterar o cronograma de envio, atrasar repasse de lotes e provocar o desabastecimentos dos postos de saúde, principalmente na cidade de São Paulo.

Em coletiva de imprensa na manhã de hoje (10), o prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes (MBD), disse que até na próxima semana, serão mais de 340 mil doses em atraso. No total, a cidade necessita de 1,721 milhão de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford para completar a vacinação da população que já recebeu a 1ª dose da vacina até dezembro. Nunes ainda disse que o problema poderá ser resolvido com a utilização da Pfizer como 2ª dose. Entretanto, a declaração contradiz o que o secretário da saúde do município vem afirmando desde a semana passada: a cidade também já registra falta de doses da Pfizer. Não há doses suficientes para prosseguir a vacinação em adolescentes e completar a imunização provocada pela falta de doses da AstraZeneca.



(Foto: Geraldo Bubniak)


O Ministério da Saúde afirma que "não deve segunda dose de vacina Covid-19 da AstraZeneca ao estado de São Paulo". Segundo o governo federal, o desabastecimento teria acontecido porque o estado usou parte da vacina destinado à 2ª dose em aplicações de 1ª dose.


A gestão Doria disse que o estoque de AstraZeneca está zerado no estado. A pasta da Saúde alega também que enviou um ofício ao governo federal na última quinta-feira (2) cobrando a entrega de lote do imunizante, mas não teve resposta. Outro ofício foi enviado ontem (09). O Ministério da Saúde respondeu por meio de nota, que foram entregues no estado de São Paulo no total, 12,4 milhões de doses para 1ª aplicação, e 9,2 milhões de doses para s2ª dose da AstraZeneca. Os 2,8 milhões de doses que completam o esquema vacinal não foram enviados "porque o prazo de intervalo entre a primeira e segunda dose só se dará no final do mês".


POR: Tamiris Felix




+LEIA TAMBÉM: Covid-19: Mais da metade dos postos de vacinação em SP está com 2ª dose da AstraZeneca em falta

+LEIA TAMBÉM: Anvisa autoriza uso emergencial de mais um medicamento para tratar a Covid-19; Saiba mais!

+LEIA TAMBÉM: Registros de casos e mortes por Covid-19 é o MENOR em 10 meses no Brasil






Navio da Véia
Festa da Véia
Estádio 97
Energia na Véia
(11) 96650-7997
App Android
App iOS

Desenvolvimento
Hospedagem e
Streaming