Brasil aplicou 26 mil vacinas vencidas da AstraZeneca/Oxford; Confira os lotes!

Imunizantes fora do prazo de validade foram aplicados em 1.532 municípios do país

02/07/2021


CORONAVÍRUS

#EnergiaNews

(Créditos: Reuters/Dado Ruvic)

De acordo com os dados do Ministério da Saúde mostram que pelo menos 26 mil doses vencidas do imunizante da AstraZeneca/Oxford foram aplicadas na população, em vários postos espalhados pelo Brasil, comprometendo a proteção contra a Covid-19. As informações foram obtidas pelo jornal Folha de S. Paulo.

Foram distribuídas doses da vacina em 1.532 municípios brasileiros, de acordo com dados atualizados até o dia 19 de junho. A cidade mais impactada pela vacina vencida foi Maringá (PR), onde 3.536 pessoas receberam o imunizante de Oxford fora da data de validade. todos os casos foram de 1ª dose.

Outros municípios com número significativo de pessoas imunizadas incorretamente foram Belém (PA), com 2.673 aplicações, São Paulo (SP), com 996, Nilópolis (RJ), com 852 e Salvador (BA), com 824.

Você que recebe a vacina da AstraZeneca, abaixo está a identificação dos lotes vencidos. O código do lote fica na sua carteira de vacinação. Confira!


(Foto: Reprodução / Twitter @CoronavirusBra1)

Além das 26 mil doses aplicadas, outras 113.976 desses oito lotes listados acima ainda não haviam sido ministradas até dia 19 de junho.



TOMEI VACINA DO LOTE VENCIDO, O QUE EU FAÇO?

Você que recebeu a 1ª dose do lote vencido é necessário retornar a um posto de saúde e apresentar a carteira de vacinação para registro do erro e receber orientações de como proceder. De acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19, vacinados com doses fora do prazo de validade, devem receber uma nova dose pelo menos 28 dias após a dose vendida, já que o imunizante anterior não tem comprovação de proteção contra a doença.

POR: Tamiris Felix




ÚLTIMAS

+LEIA TAMBÉM: Vacina da Johnson contra a Covid-19 é eficaz contra variante Delta, diz pesquisadores

+LEIA TAMBÉM: Após polêmica, Ministério da Saúde suspende contrato para a compra da vacina "Covaxin"

+LEIA TAMBÉM: Pfizer afirma que sua vacina contra a Covid-19 é eficaz contra a cepa Delta





⇦ Voltar
(11) 96650-7997
Áudio
Vídeo
Parado - Volume 50%
Morde e Assopra
Energia 97 FM

280 / 280 caracteres